Maria Aparecida Rodrigues Marques

Minha foto

Professora Maria Aparecida R. Marques mas podem me chamar de (Cida Marques) Professora graduada em pedagogia pela Fundação Universidade do Tocantins e Pós Graduada em Artes, Gestão Publica , Educação Infantil e Series Iniciais pela Faculdade de administração FACEL. Professora concursada em duas matriculas pela rede municipal. Contato pelo email: cidarmarques2@hotmail.com tenho 45 anos, sou casada, tenho dois filhos lindo, um de 05 anos e o outro 24 anos. Trabalho na Educação Infantil municipal a 22 anos. Amo o que faço, busco sempre melhorar, procuro entender meus alunos para poder ajudá-los. Para mim ser professora é uma missão. Agradeço a Deus por ter me dado essa oportunidade e os meus pais por terem me incentivado.

domingo, 24 de abril de 2011

Poema para o dia das mães( Lindoooo)

Ah, achei lindinho esse poema para o dia das mães, ele dá para ser modificado e apresentado, imagino uma professora (fazendo o papel de mãe) e um aluno (sendo o filho), e um outro professor fazendo a locução, com um fundo de música bem suave, só instrumental.
Me deu até vontade de abraçar a minha mãe , que eu amo muito, mainha te amo!
Mãezinha querida

Mãezinha querida
Mãezinha querida,
fique ao meu lado, segurando minhas mãos,
como você sempre faz,
quando eu não souber qual caminho seguir.




Mãezinha querida,
limpa o suor da minha face quando eu,
cansada de tanto trabalhar,
estiver sem forças para continuar.
Mãezinha querida,
canta pra mim aquela canção que você cantava quando eu era bebê,
antes de dormir,
e me acalmava.
Mãezinha querida,
fique ao meu lado quando eu estiver com medo do escuro.
Mãezinha querida,
deixa eu descansar no seu colo confortável
quando meus pés estiverem doendo de tanto eu andar
pelos longos caminhos da estrada.
Mãezinha querida,
abraça-me com seus braços quentes e fortes,
quando na manhã nublada eu tiver preguiça de me levantar.
Mãezinha querida,
me dê uma palavra amiga, um consolo, um conselho,
quando eu precisar de um bálsamo para acreditar e
seguir em frente diante de tanta incerteza.
Mãezinha querida,
eu quero o seu colo no embalo da rede,
para que eu adormeça com toda a certeza
de que o mundo ainda será belo quando eu acordar.
Mãezinha querida,
saiba do fundo do meu coração,
que é o seu amor imenso, que todos os dias,
me faz acreditar que o mundo sempre há de ser melhor.
Por isso hoje eu digo, com os pulmões cheios de ar:
MÃEZINHA QUERIDA EU TE AMO!

de Antonio Marcos Pires
Rio de Janeiro - RJ - por correio eletrônico
Retirado do Blog Meus Trabalhos Pedagógicos


Postar um comentário

Plano de Aula, História, Relatório, sequência didática,Educação Infantil, Projetos...

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Follow by Email